1000em1 · Comidinhas · Filhos

Você conhece a arte do Bento?

O termo “bento” (ben-tô) em japonês significa “lancheira do almoço”. Apesar disto, está longe de ser aquela marmita a que estamos acostumados. O objetivo do bento é montar uma refeição que tenha tanto apelo aos olhos quanto ao paladar.

É comum as mães japonesas prepararem uma lancheira decorada, elaborada e divertida, para incentivar seus filhos a comerem todo o almoço na escola.

Então se estiver cansado do sanduíche natural que come no trabalho, ou estiver querendo deixar seus filhos esperando a hora de abrir a lancheira, há muito a ser aprendido na tradição do bento.

Achei 2 blogs muito legais sobre o assunto. Crouching Mother é blog da Kelly, que adora fazer refeições criativas, divertidas e saudáveis para a sua filha. Vejam só, cada coisa fofa…

Já o Life is a Blessing, é o blog da Karen, uma mãe de Singapura, que também se supera na produção dos bentos.

Também achei na net dicas muito legais de como idealizar e montar um bento!

1. Divida a refeição proporcionalmente. Ao preparar o bento, existem duas maneiras básicas de dividir a comida. Você pode:
* Usar uma razão 4:3:2:1 – 4 partes de arroz, 3 partes de acompanhamento, 2 partes de vegetais, e 1 parte sobremesa (ou outra coisa).
* Usar uma razão 1:1 – 1 parte de arroz, e o mesmo tanto dos outros alimentos (vegetais, carnes, etc).
* Você também pode variar estas razões, e usar ingredientes mais familiares. O objetivo disto é ter uma refeição diversa, nutritiva e balanceada.
* *Ao invés do arroz, você pode usar sushi, onigiri (bolinho de arroz). Você pode usar outros tipos de arroz, risoto ou até macarrão.
* * O acompanhamento deve ser alguma fonte de proteína, como um bife, galinha, peixe ou outra carne. Ela pode ser grelhada, empanada, frita e por aí vai. Para um bento vegetariano, tente alguns tipos de grãos, como a soja.
* *Repolho picado com um molho leve é bem popular. Vegetais picados ou até uma salada de batatas podem ser usados.

2. Consiga uma lancheira de bento, que já vem dividida em compartimentos seguindo a proporção tradicional do bento. Você pode encontrar uma em lojas especializadas em produtos orientais. No japão as porções de comida são menores que no ocidente, o que pode ser bom para uma dieta de restrição alimentar ou ruim, dependendo da sua vontade. Se não conseguir encontrar uma lancheira de bento, você pode improvisar usando uma vasilha quadrada com tampa, arrumando a comida de maneira criativa. Formas de muffins e bolinhos são bons compartimentos.

3. Escolha alimentos bem coloridos. Quanto mais sólida e forte a cor, maior o impacto visual do bento, e mais nutritivos são os alimentos (pelo menos no que toca os vegetais). Arroz branco, ovos cozidos inteiros e queijos podem dar um bom contraste no seu bento, ainda mais quando ao lado de alimentos verdes, vermelhos e outras cores fortes.

4. Coloque a comida de modo organizado. Isto vai impedir que a comida mude de lugar dentro da lancheira. A primeira coisa a entrar deve ser o arroz (ou seu substituto), seguidos de alimentos que sejam pouco flexíveis (como uma coxa de galinha). Adicione os itens flexíveis, como a salada de batata ou as verduras. Por último, adicione os itens que irão preencher os espaços, que devem ser pequenos e resistentes.

5. Faça desenhos e texturas com a comida. Você pode decorar de acordo com um tema.
* Mantenha as bordas entre os alimentos bem definidas. Contrastes de cores e texturas devem estar ao lado uns dos outros, mas os similares devem estar separados. Tome cuidado para não misturar sabores contrários (não coloque arroz frito perto dos doces).
* Faça rostos de animais ou outras figuras com a comida. Duas fatias de um ovo cozido com um pouco de páprica no meio fazem um bonito par de olhos.
* Borrife temperos e adicione uma guarnição para dar ênfase ao centro de uma seção de comida.
* Corte frutas, vegetais em formatos como estrelas, corações, com cortadores de biscoitos.
* Coloque molhos e outros lanches soltos em recipientes divertidos. Existem muitas garrafinhas de molho reutilizáveis que são feitas especialmente para bento.

Dicas

* Dedique tempo a fazer o bento. Não é algo a ser feito de modo apressado. O que faz esta técnica única é o tempo e dedicação investidos em criar uma refeição balanceada e bonita, que agrada aos olhos enquanto é comida.
* Usar uma proporção fixa entre os alimentos vai ajudar a manter uma refeição nutritiva, pois vai impedir que coloque em excesso de um dado alimento.
* Se o arroz for um ingrediente comum em seu bento, talvez valha a pena comprar uma máquina de arroz com um timer, para que o arroz esteja prontinho na hora de montar o bento. Arroz dormido não é tão bom quanto o recém cozido.
* Carne ou vegetais fritos devem ser colocados sobre uma camada absorvente de repolho picado ou arroz, para absorver o excesso de óleo.
* Deixe a comida esfriar antes de fechar o bento. Ou o vapor vai condensar dentro da lancheira e ensopar a comida.

Bom, e é óbvio que não podia deixar de me arriscar. Tô super empolgada, rodei a Liberdade em busca de apetrechos e ontem mandei meu primeiro bento para o lanche da Nat. 😉

Como se trata do lanche da manhã, não rolava colocar arroz ou semelhantes e nem carnes. Por isso, fiz espetinhos de uva (crinson e thopson), estrelas de carambola, bolachinhas e amendoim.

A Nat adorou, e seu bento fez o maior sucesso na turma, tanto que hoje tive que mandar espetinho de frutas para todas as crianças.

bjo, Vir

4 thoughts on “Você conhece a arte do Bento?

Comments are closed.