1000em1 · Vida

Os professores da minha vida

Tudo bem, está meio atrasado, eu sei, mas não consegui postar antes!

Na sexta-feira, dia dos professores, li um twett que falava mais ou menos assim: “Depois de algum tempo, você só lembra dos muito bons, ou dos muito ruins”

E isso é a mais pura verdade, não é?!!! Ninguém lembra dos medianos… só dos ruins, pra xingar um pouco mais do que você já xingou na época e dos bons para sonhar com aquelas aulas que te levavam ao clímax da descoberta do conhecimento…

Eu não vou falar dos “meus ruins”, não quero perder tempo com eles! Quero homenagear aqui os “meus bons”, “meus ótimos”… aqueles que tenho um misto de orgulho e saudades de lembrar dos momentos vividos com eles, de tudo que me ensinaram, sobre suas matérias e também sobre a vida.

Só fui conhecer um desses na 5a série, professora Verena de geografia… ela era uma típica professora da década de 80, mas me fascinava.

Depois vieram outros, graças a Deus… Artur de geometria (que me inspirou o nome do Tutu, meu filhote), Cavenaghi de geografia de novo (sempre gostei dessa matéria).

Já no colegial, posso listar: Maria Luiza (literatura), Walter (redação), Marcão (química). Só, pensei que tinha outros… Na faculdade de química: Ennio, Edivaldo… nossa tá diminuindo cada vez mais… hehehe… Por fim, na faculdade de design gráfico só Jorge Padilha, aquele tipo de professor que você demora para aprender a entendê-lo, mas depois descobre uma infidade de coisas boas.

Ahhh, queria também listar a Luciana, que não foi minha professora, sim da Natália, mas considero ela como minha também, pois ela me ensinou muito sobre como lidar com meus filhos.

Enfim, quando pensei em fazer esse post, achei que ia ter uma lista enorme de nome, mas pensando bem na hora de escrever, não foi bem assim… os especiais estão ai!!! Feliz Dia dos Professores para eles!!

bjos,